março 2008


Domingo.Gotas de chuva misturadas com tédio tomando conta de todos os segundos do dia, enquanto o computador está ligado já nem sei desde que horas. Seu nome está ali, na lista dos contatos online.Você também não encontrou nada melhor pra fazer hoje. Se estivessemos juntos ainda,eu estaria ai com você, ou você estaria aqui. Estariamos sentados,abraçados, vendo algum filme sem graça,comendo pipoca no sofá da sala.Você estaria passando as mãos sobre meu cabelo.Eu não ligaria se não estivesse penteado, se você gostasse do modo que eles ficam bagunçados depois que você mexe neles…Não me importaria se estaria bem vestida, se você gostasse do modo que minhas roupas ficam amassadas quando estou deitada no seu colo.Não me importaria se chovesse durante meses, se você ainda estivesse aqui comigo.

Anúncios

Durante o dia todo uma história inventada por mim não me deixou em paz.
Quando a vida é tão ridiculamente frustrante de se viver, é isso que acontece.
Acabo criando a minha própria realidade,e tentando implantá-la em minha real realidade.
Hoje eu estive com você o tempo todo…Agente não falou sobre muita coisa, apenas
alguns detalhes do dia, e agente riu. Riu bastante. Você me segurou pelas mãos, me olhou por uns instantes e então ficamos quietos. Ouvindo aquela música que descreve perfeitamente o isolamento que eu me obriguei a viver hoje do resto do mundo…

‘cause it’s you, and me…and all of the people ♪…’

Mas agora a noite caiu…fria,céu nublado. Não há estrelas pra eu imaginar ser o brilho dos seus olhos,e eu despenco do meu mundo, e caiu pro mundo de todos.

Primeiro Post.

Nada mais ‘original’ que postar meus primeiros versos;

versos de quando começei a sentir na pele as frustrações da vida.

 •Meu bem, um dia mais sem você.

Mais um dia comum afogado em tédio
Mais uma vez engulo minhas lagrimas
Calo minhas angustias,e fico em silencio.
Só pensando em como vai acabar…

Você é o que eu sempre esperei
Como se fosse minha última esperança
Com todas as minhas forças,te desejei
Você que me fez sonhar
você e só você.
E eu ,pra você
não fui nada!

Nada além de mais nada.

E aí, agora como que fica,meu bem?
Era assim que você costumava me chamar
Essas palavras soam tão ridiculas agora
Que toda magia acabou
.