Aqui, ou qualquer cenário . Seja calmaria campestre, seja na agitação urbe. Seja minhas ou suas, as músicas-trilha de nossos dias. Que tudo seja nosso, que tudo faça parte da nossa história. Que as tonalidades e moldes, filhos e netos sejam nossos. Seja lá qual for o gosto desse sonho, que um dia se torne real, seja amargo como agora, ou qualquer outro sabor, eu quero provar. Que as frases não sejam mais ‘a culpa foi sua’, ‘vou pegar minhas coisas e ir embora’ e ‘eu não vou, vá você’, que sejam substituídas por ‘a culpa foi nossa’, ‘vamos pegar nossas coisas e viajar’ e ‘nós vamos ficar nesse sofá, que está bom de mais’. Ah, que tudo seja como eu sonhei, e que um dia eu possa ouvir de você que foi justamente assim que você sonhou, olhando nos meus olhos, que dessa vez, se estiverem úmidos e prestes a deflagrar em lágrimas, será de felicidade, eu prometo.

Põe mais um na mesa de jantar
por que hoje eu vou pra aí te ver
e tira o som dessa TV
pra gente conversar ♪

Anúncios