Caroline é toda cores. Tantas tonalidades que tornam coloridos, até mesmos dias mais cinzas. Ah, o verde, ela carrega as toneladas. Esperança é que ela mais guarda consigo. O circo de cores e amores que leva consigo, às vezes escurece, descorado: fica cinza, ás vezes negro. Mas a luz verde de Caroline, sempre ofusca esses dias.Quero as cores de Caroline, numa moldura permanente. Quero levá-las comigo, por onde for, quanto tempo for. Malabarizando as circunstâncias, domando os leões da insegurança e incerteza. Ah, só por mágica, e das boas, eu esquecerei Caroline, e todos seus sorrisos. A vida é mesmo uma peça teatral, mágica, surpreendente, um espetáculo mal-ensaiado por hora.
O prato do dia?
A esperança, o otimismo e a ambição de ser feliz, tudo combinando, assim como feijão e arroz. Porque, como diz a voz de Anitelli e sua trupe mágica, é preciso ver alegria nas coisas mais simples. Ah, Caroline; na alegria e na tristeza, senhoras e senhoras, respeitável público, será a minha irmã, do nosso teatro-mágico, tão real quanto nós mesmas.

Anúncios