Músicas


A chuva de ontem fez o céu estrelado hoje. A distância que nos encalça, nos fará tão próximos um dia, a ponto de acreditarmos que nossos destinos estavam projetados? Enquanto ouço todos dizerem que não é sensato eu estar ansiando, sabendo que o que eu acredito nunca acontecerá, eu improviso uma insurdescência carregada de indiferença. Afinal uma das músicas que não canso de ouvir, carrega “Insensatez” no título.

Meu bem venha cá.
Quero te falar, tente acreditar
Fazer com que as cores
Reacendam nos nossos dias
(Vazios, frios, cinzas…)

Será que você vai perder esse medo?
Não demora, por favor.
Mas se demorar,
Saiba, ainda não cansei de esperar
Eu estarei esperando
Sonhando

Eu só queria poder
Moldar nossas vidas como deveriam ser
Mas espero, espero quanto for
Eu sei que tudo vai dar certo
Depois de tudo, você vai estar aqui

Meu bem venha cá,
Me abrace e não me deixe te soltar
Fique aqui mesmo em silêncio,
Só sua presença basta para me acalmar

Será que você vai perder esse medo?
Não demora, por favor.
Mas se demorar,
Saiba, ainda não cansei de esperar
Eu estarei aqui, esperando.
Sonhando

(Sei que quando acordar, você estará longe.)

Primeiro Post.

Nada mais ‘original’ que postar meus primeiros versos;

versos de quando começei a sentir na pele as frustrações da vida.

 •Meu bem, um dia mais sem você.

Mais um dia comum afogado em tédio
Mais uma vez engulo minhas lagrimas
Calo minhas angustias,e fico em silencio.
Só pensando em como vai acabar…

Você é o que eu sempre esperei
Como se fosse minha última esperança
Com todas as minhas forças,te desejei
Você que me fez sonhar
você e só você.
E eu ,pra você
não fui nada!

Nada além de mais nada.

E aí, agora como que fica,meu bem?
Era assim que você costumava me chamar
Essas palavras soam tão ridiculas agora
Que toda magia acabou
.